Sabotadores – Quais dos 10 você possui?

Tempo de leitura: 5 minutos

Neste artigo, você vai entender com grande clareza que todos nós possuímos inimigos internos – os Sabotadores. Identificá-los e amenizar sua atuação em nossas vidas é fundamental para uma vida pessoal e profissional de progresso.

Indice do artigo:

  • Característica comum em pessoas de sucesso
  • A relação entre sabotadores e performance
  • Reconheça seus principais sabotadores
  • Os sabotadores
  • Após entender seus inimigos internos, amenize-os
  • Aplicações à liderança
  • Resumindo
  • Link do assesment (teste)
  • Como aprofundar-se no tema

Continue lendo.

Característica comum em pessoas de sucesso

Uma breve análise de empreendedores de sucesso, atletas e outras celebridades, revelará que  a persistência foi uma das qualidades mais presente em todos esses.

Essa qualidade é necessária devido não apenas aos agentes externos que oferecem resistência aos nossos objetivos, mas de nossa reação a esses, que gera um diálogo interno improdutivo que, quando alimentado mina nossa perseverança.

Relação entre Sabotadores e Performance

Timothy Gallwey, considerado o pai do coaching, revela em seu livro (The Inner Game  – A Essência  do Jogo Interior) algumas conclusões interessantes. Ao treinar jogadores, percebeu que uma partida era jogada em dois níveis: na quadra, contra um adversário e outra na mente, contra ‘inimigos internos’, como ansiedades, inseguranças e medos. Esses se mostravam mais poderosos que seus adversários reais, da quadra.

Segundo o autor, nossa performance pode ser medida com uma simples regra:

PERFORMANCE = POTENCIAL – INTERFERÊNCIAS

Obviamente, essa fórmula possui amplas aplicações no contexto profissional. Podemos definir sabotadores como sendo interferências internas que geram queda de performance. Esses geram sentimentos e pensamentos negativos que causam desmotivação, frustração e inseguranças. Mas, você pode (e irá) vencer esta batalha.

Reconheça seus principais sabotadores

Reconhecê-los é fundamental. Saber lidar com eles é estratégico. Ganhar prática nesse jogo interior é desenvolvimento pessoal para vida, carreira e negócios. Por isso, trago a você um segundo autor, também expert neste tema, que lhe ajudará aumentar seu nível de clareza quanto aos seus sabotadores individuais.

Shirzad Chamine — doutor em neurociência, bacharel em psicologia, autor do livro ‘Inteligência Positiva’ e coach de executivos listados na revista Fortune — revela que apenas 20% das equipes alcançam seu verdadeiro potencial. Em seu livro ele nos ajuda a entender quais são nossas principais interferências internas.

De acordo com Chamine, todos possuímos Sabotadores. Fiz uma descrição breve de cada um deles, mas você poderá obter uma descrição completa deles por realizar o assessment, cujo link que se encontra no final deste artigo.

Os sabotadores

Eles atuam em nossa mente e fazem-nos agir de acordo com suas características, movidos pelo instinto de sobrevivência.

Crítico

É o principal sabotador. Ele encontra defeitos em nós, nos outros e nas circunstâncias. Possui 9 ‘sabotadores cúmplices’, listados abaixo com algumas de suas características.

Insistente

Perfeccionista, metódico e necessidade de ordem e organização levadas longe demais. As  pessoas ao redor  ficam ansiosas e nervosas. Busca a perfeição e fica em constante frustração consigo. Nível alto exigência.

Prestativo

Deseja ganhar a atenção e afeição dos outros. Perde de vista as próprias necessidades e se ressente da dependência dos outros. Possui dificuldades em falar não. Deseja ser amado.

Hiper-Vigilante

É o que mais drena sua energia. Acredita que tudo pode dar errado. Mantêm-se muito atento a todos os possíveis perigos da vida. Pequenas coisas assumem grande proporções.

Inquieto

Em constante busca de maior excitação na próxima atividade ou se ocupando constantemente. Raramente fica em paz ou satisfeito com a atividade do momento.

Controlador

Acredita que, ou você está no controle ou está fora de controle. Necessidade de estar no comando e de dirigir as ações das pessoas de acordo com a sua vontade.

Esquivo

Evita as tarefas difíceis e desagradáveis. Procrastina obrigações; atrasa na conclusão. Foge de conflitos e conversas difíceis.

Hiper-realizador

Ama desempenho e as realizações constantes. Refém dos resultados para ter respeito próprio, o que gera tendência a vício em trabalho e perda de profundidade emocional. É um multitarefas (e ‘se acha’ por isso).

Hiper-Racional

Odeia mi-mi-mi. Pode ser visto como frio, distante ou intelectualmente arrogante porque se concentra no processo racional de tudo, incluindo relacionamentos. Acredita que as emoções sejam indignas de respeito.

Vitima

Apesar do nome, não significa que ele se vitimize. O problema é que ele acha que tudo acontece com ele. Sente-se consumido pelas circunstâncias adversas.

Após entender seus inimigos, amenize-os

Agora vem a parte difícil (e a solução!). Você precisa melhorar em sua comunicação interna, não permitindo que esses sabotadores assumam o controle de sua mente. Essa parte é difícil, porque são requeridas semanas, ou meses, para assumirmos às rédeas de nossa mente e controlarmos os pensamentos sabotadores.

Conforme é de conhecimento geral, hábitos levam tempo para se consolidar. Acredito que essa área requeira ainda mais tempo, pois alguns de nós desconheceu a existência desses sabotadores pela vida inteira, o que consolidou alguns hábitos de pensamentos automáticos que podem ser considerados como negativos.

Aplicações à Liderança

Os resultados obtidos por uma empresa estão intimamente relacionados à sua liderança. Conforme mencionei no artigo sobre delegar, atingir metas envolver extrair um ótimo desempenho de sua equipe. 

Para que isso realmente aconteça, o líder precisa entender seus próprios sabotadores, pois em momentos de estresse, eles se tornam nítidos em seus comportamentos e ativam os sabotadores das pessoas de sua equipe, não obtendo assim, o melhor dela.

Resumindo…

Entenda seus sabotadores, amenize-os, mantenha e aprimore seu desempenho emocional.  Sua qualidade de vida e, consequentemente sua performance, melhorarão, e isso afetará positivamente quem está ao seu redor.

Link do teste

Saboteurs

Como aprofundar-se no tema

Se você deseja workshops/ palestras sobre esse tema em sua empresa mande-me um inbox.

Tenho também um curso online gravado, onde abordo este tema com maior profundidade. Segue o link: Udemy.com/energia-emocional

Espero que este artigo tenha sido útil para você. Apenas a leitura desse não fará muito por você; é necessário criar uma plano de ação consistente para vencer esta batalha interna. Com a prática diária, você vencerá.

Um abraço,

Márcio Silveira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *